Saúde

Massafera reúne-se com comando da Marinha e defende projetos no Estado

MASSAFERA MARINHA (1)

O deputado estadual Roberto Massafera reuniu-se essa semana com o Chefe do Estado Maior da Marinha em São Paulo, Capitão de Mar e Guerra Luís Fernando Batistella. Eles trataram de projetos de interesse da força naval no Estado.

O encontro ocorreu no gabinete do parlamentar na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo e também contou com a participação do engenheiro Antônio Basile.

Entre os assuntos da pauta eles discutiram a continuidade das pesquisas desenvolvidas pela Marinha do Brasil com o reator nuclear no município de Iperó (SP); além do recrutamento e formação de marujos e de oficiais para a Marinha do Brasil.

Roberto Massafera também tratou da construção de instalações da Marinha em São Paulo. Um terreno situado na Vila Mariana (Zona Sul) já foi doado à Marinha com a intervenção do deputado Roberto Massafera e do secretário municipal de Esportes, João Farias.

O imóvel abrigará atividades sociais da Marinha com crianças de escolas públicas. Elas receberão treinamento e capacitação em diferentes modalidades esportivas. Massafera prometeu trabalhar para a consolidação desse programa. “É um projeto importante que ajuda na formação dos nossos jovens, do Esporte em nosso País”, considerou o parlamentar.

Texto e foto: Ary Costa Pinto

Saúde

Massafera defende separação entre Agricultura e Meio Ambiente

MASSAFERA MEIO AMBIENTE - Raphael Montanaro AI Alesp

O deputado estadual Roberto Massafera defendeu hoje (6), durante reunião da Comissão de Meio Ambiente da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, a manutenção da separação entre os ministérios da Agricultura e do Meio Ambiente. A fusão chegou a ser cogitada pelo presidente eleito, Jair Bolsonaro.

Além das políticas ambiental e agrícola terem interesses muitas vezes divergentes, a mudança soaria como uma flexibilização das leis ambientais frente a expansão de modos agrícolas insustentáveis. O próprio ministro da Agricultura, Blairo Maggi, um dos maiores produtores de soja do mundo, alertou que países importadores poderiam fechar seus mercados.

“Os mercados que adquirem os nossos produtos cada vez mais exigem que nossa agricultura atue de modo sustentável, com respeito ao meio ambiente. Não podemos negligenciar com essas exigências”, reforçou o parlamentar.

Pesquisas científicas também têm demonstrado que a produção agrícola irresponsável prejudica o meio ambiente, empobrece o solo e compromete a disponibilidade de água. A prática coloca em risco a saúde da população e leva ao empobrecimento da região.

Comissão – Os parlamentares integrantes da Comissão também decidiram solicitar à Prefeitura de Ilha Bela informações relativas ao licenciamento de obras anunciadas pelo governo municipal. O Instituto Ilha Bela Sustentável questiona a contenção de encostas, trechos da rodovia 131; e a desobstrução de rios e córregos. Por indicação do deputado Roberto Massafera, a comissão estabeleceu que esses esclarecimentos sejam prestados no prazo de 30 dias.

Também ficou definida a realização de audiência pública para tratar da crise hídrica na Região Metropolitana de São Paulo. Ela será realizada na próxima terça-feira (13), quando serão ouvidos autoridades e estudiosos das questões dos mananciais e abastecimento. O propósito do evento é realizar um diagnóstico da situação a fim de subsidiar a elaboração de políticas públicas para a resolução dos principais problemas nessa área.

Texto: Ary Costa Pinto

Foto: Raphael Montanaro – AI Alesp